SEMINÁRIO DE CAPARIDE

"O JUSTO FLORESCERÁ COMO A PALMEIRA" (Sl 92)

APRESENTAÇÃO


 

UMA ESCOLA DE DISCÍPULOS

O Seminário é uma escola de discípulos que pretende reproduzir a experiência apostólica do seguimento e convivência dos Doze com o Mestre, é seguimento de Cristo. Antes de ser um lugar, um espaço material, representa um espaço espiritual, um itinerário de vida, uma atmosfera que favorece e assegura um processo formativo, de modo que aquele que é chamado por Deus ao sacerdócio possa tornar-se, pelo sacramento da Ordem, uma imagem viva de Cristo Cabeça e Pastor da Igreja (Cf. Pastores dabo vobis, 42).

O SEMINÁRIO VOCACIONAL

O Seminário de S. José é a ‘primeira casa’ do Seminário Maior do Patriarcado de Lisboa, à qual se costuma chamar “Seminário Vocacional”. Tem a missão de chamar e acolher, formar e guiar no discernimento aqueles a quem Cristo deu sinais de vocação ao Sacerdócio, e preparar para o ingresso decidido, responsável e feliz no Seminário Pastoral daqueles que, já com suficientes e serenas certezas quanto aos apelos de Deus e à sua capacidade de resposta, continuam o caminho do discernimento e da formação sacerdotal. Nesta casa do Seminário Maior realizam-se os três primeiros anos do itinerário formativo: o Tempo Propedêutico, o 1º e o 2º anos do Ciclo Fundamental em Teologia.

O TEMPO PROPEDÊUTICO

O “Tempo Propedêutico” é a primeira etapa dos anos vividos no Seminário de São José de Caparide. Tem como objetivo específico fazer que a vida dos seminaristas seja, toda ela, estruturada a partir da fé. É um tempo para aprofundar o conhecimento de Deus, da Igreja, dos outros e de si próprio. É também tempo para crescer como Homem, Filho de Deus e irmão de todos, para aprofundar a experiência de Deus através da leitura orante da Bíblia, da vida de oração e da liturgia, e para discernir os sinais do chamamento e as condições reais de resposta com vista à passagem à etapa seguinte. É ainda um tempo muito forte de aprofundamento da vida comunitária e do espírito de comunhão e de serviço.

O CICLO FUNDAMENTAL (1º E 2º ANOS)

Os dois anos seguintes são tempo para continuar a crescer como discípulos do Senhor, na obediência, na pobreza e na castidade, tendo Cristo, Bom Pastor, como modelo a seguir. São também um tempo para aprofundar o discernimento vocacional iniciado, a partir da configuração à humanidade de Cristo, enraizados na relação com Ele, aderindo sem reservas e com entusiasmo ao modo de ser homem de Jesus. Este dois anos têm ainda como objetivo uma gradual configuração ao sacerdócio de Cristo concretizada na real capacidade de viver a caridade de Cristo como princípio ordenador de uma personalidade sacerdotal e na progressiva aquisição e interiorização de uma sabedoria da fé, no gosto pelo estudo e na real capacidade para aprofundar a leitura crente da vida, numa unidade profunda e perene entre oração e teologia como iluminação do crescimento pessoal, comunitário e pastoral.

SÃO JOSÉ, O NOSSO PADROEIRO

No nosso itinerário formativo olhamos, ainda, para o nosso Padroeiro, S. José. Nele reconhecemos como a história da salvação se faz também por meio de homens simples e discretos, mas atentos e generosos; reconhecemos que o segredo deste homem justo está num silêncio obediente, numa fé decidida e confiante e numa generosidade feita de trabalho diário. Estes traços do nosso Padroeiro alimentam a nossa vida de Seminário, permitindo o discernimento e solidificando a formação.

EM UNIDADE E CONTINUIDADE COM O SEMINÁRIO DOS OLIVAIS

A esta etapa segue-se o “Seminário Pastoral”, particularmente preparado para a formação específica para o ministério sacerdotal. Desta forma, o Seminário Maior da diocese, mais que um lugar é um processo formativo feito na unidade e na continuidade das suas ‘duas casas’, Caparide e Olivais.

Share This